Laranja Mecânica

 

"Que tal um pouco de ultraviolência?"

"Que tal um pouco de ultraviolência?"

A Clockwork Orange (1971)

Direção: Stanley Kubrick
Elenco: Malcolm McDowell, Patrick Magee, Michael Bates, Warren Clarke
Sinopse: O membro de uma gangue de vândalos é um maníaco que acaba sendo preso e sujeito a situações designadas para mudar sua vida.

[Suspense]

>>> Um filme que dura muito mais que as 2h15 de projeção, porque gera reflexão e precisa ser bem digerido para não gerar interpretações errôneas. Em suma, um filme bom. Bom mesmo, do tipo que deixa os filmes bons de hoje em dia no chinelo. Os mais sem estômago ou aqueles sem o olho treinado desistem com meia hora de filme, mas os mais inclinados a análise logo percebem que o filme faz uma crítica mais que eficaz acerca ao estilo padrão de vida e métodos de se mudá-la pelos olhos de um Alex frio e intimidante, que é um personagem inesquecível. A crítica ecoa mais presente hoje, quase 40 anos depois, do que muitos filmes atuais do gênero.

Filme: 10
Extras: Não Avaliados

{{Curiosidades}}
– Antes de Stanley Kubrick se envolver no projeto, vários “tipos” foram considerados para representar Alex e sua gangue: garrotas de mini-saias, pensionistas idosos e os Rolling Stones(!).
– A serpente Basil foi incluida no filme quando Stanley Kubrick soube que Malcolm McDowell tinha medo de répteis.
– Stanley Kubrick fez erros de continuidade de propósito para dar ao espectador uma idéia de desorientação.
– Stanley Kubrick fez questão de remover o filme do Reino Unido depois de ser criticado como violento demais. Ele disse que o filme só seria exibido lá depois de sua morte. E foi mesmo.
– A linguagem utilizada por Alex e seus amigos é uma mistura de inglês, russo e gírias.

Anúncios

Donnie Darko

Donnie Darko (2001)
Direção: Richard Kelly
Com: Jake Gyllenhaal, Maggie Gyllenhaal, Daveigh Chase, Patrick Swayze, Drew Barrymore
Sinopse: Donnie Darko é um garoto recluso e pouco sociável que começa a se perguntar o que diabos está acontecendo quando um coelho assustador fica o visitando para lhe dar ordens.

[Ficção/Drama]

>>> Não há palavras para descrever a genialidade deste filme. Desde a imagem setentista aos acontecimentos e discussões, tudo é perfeito e tudo se encaixa de uma maneira tão diferente que pode até assustar a alguns. Como se o coelho falante sinistro já não fosse o bastante. Um filme para ser visto e revisto várias e várias vezes e descobrir-se uma coisa nova ou um detalhe perdido que sem dúvida alguma passaram despercebidos, e depois se sentar com os amigos e conhecidos e conversar sobre o filme, suas teorias e inteligência durante horas e horas.

Filme: 10
Extras: 4.0 – O clipe de “Mad World” é ótimo, mas é também o único atrativo.

{{Curiosidade}}
– O filme foi filmado em 28 dias, exatamente o tempo em que o próprio filme ocorre, num orçamento de menos de 5 milhões

Pequena Miss Sunshine

Little Miss Sunshine (2006)
Direção: Jonathan Dayton e Valerie Faris
Com: Toni Collette, Abigail Breslin, Alan Arkin, Paul Dano, Steve Carrell, Greg Kinnear
Sinopse: Uma família onde todos têm personalidades completamente diferentes se enfia numa komni amarela e viaja pelo país atrás do sonho da mais jovem deles: ganhar um concurso de beleza e talento infantil.

[Comédia/Drama]

>>> Perfeito do começo ao fim, sem escorregar no ritmo de uma história maravilhosa com personagens icônicos que diverte, emociona, surpreende e levanta questões para o espectador pensar. A química do elenco é invejável e as situações inusitadas por que passam são memoráveis, do início sem muitos diálogos ao hilário final que transforma este filme num clássico imediato que é item obrigatório na coleção de qualquer cinéfilo.

Filme: 10
Extras: